Coca-cola (não) é um espermicida

Em 2008 o prêmio IgNobel de química foi dividido entre dois grupos de pesquisadores. O grupo dos Estados Unidos Sheree Umpierre, Joseph Hill e Deborah Anderson demonstraram que a Coca possuia efeitos espermicidas (e a coca diet também); já um grupo de pesquisadores de Taiwan, C.Y. Hong, C.C. Shieh, P. Wu e B.N. Chiang, demonstraram que a coca NÃO possuia esses efeitos.

Agora, no vídeo abaixo uma pesquisadora americana explica que a diferença de resultados nos estudos foi devido à quantidade de coca utilizada em relação a quantidade de esperma. Ela diz que no estudo deles foi usado mais coca do que esperma, por isso a coca foi eficiente para eliminar a mobilidade dos espermatozóides.

No final do vídeo, na seção de perguntas, um dá a sugestão de, quem sabe, adicionar Menthos ao estudo! 🙂
Coca + esperma + menthos

Veja também
Coca-cola e Mentos ao extremo!
Esperma mais saboroso – uma receita

Ah… é bom lembrar que a mobilidade do espermatozóide é muito alta, e que o método não é seguro.

Tags:

2 Comments

  1. isaias janeiro 28, 2009
  2. Carlos Alberto janeiro 29, 2009

Escreva um comentario